domingo, 3 de abril de 2011

"O zero é indivisível; tudo dividido por ele é ele mesmo."

"O zero é indivisível; tudo dividido por ele é ele mesmo." --> Muita gente tem esse conceito, mas está totalmente errado!

Essa informação está errada, pegue uma calculadora, pode ser a do windows e tente dividir 1/0. Verá que a calculadora falha, mas porque isso acontece? Simples, o valor dessa divisão extrapola o conteúdo dos registradores da calculadora que armazenam o resultado (ou pelo menos os programadores capturam esse erro antes que cause algo mais sério). Na matemática e física chamamos isso de singularidade. Vou ver se consigo te explicar:

O que é uma divisão? Bom, por exemplo, 8/2 aqui estou simplesmente perguntando quantos "dois" existem dentro do "oito". 2+2+2+2, são 4 dois. E dentro do "um" existem quantos zeros? Para finalizar a conversa vou responder logo... Assim como no "um" há infinitos "zeros" posso dizer também que no "um" há zero "zeros (No "um" há o somatório infinito dos zeros que é "zero"). No todo, no uno, no universo, não há nada, pois nada simplesmente não pode haver, pois se há deixa de ser nada, e passa a existir. No tudo, nada continua não sendo nada, pois se fosse não seria.

Observando de outra forma: Para dividir um seguimento qualquer de reta em infinitas partes qual tamanho deve ser cada parte? A resposta é simples, deve ser do tamanho do ponto. O ponto não tem altura, nem largura e muito menos profundidade. Ele é adimensional, ou seja nada mede! Por isso, na reta "cabem" infinitos pontos! Assim como no "1" existem infinitos "0s"!


Uma singularidade gravitacional (algumas vezes chamada singularidade espaço-tempo) é, aproximadamente, um ponto do espaço-tempo no qual a massa, associada com sua densidade, e a curvatura do espaço-tempo (associado ao campo gravitacional) de um corpo são infinitas. Mais precisamente, uma geodésica espaço-tempo que contenha uma singularidade não pode ser tratada de uma maneira diferencial contínua. O limite matemático de tal geodésica (tangente de 90) é a singularidade. A matemática é irracional, ou pelo menos não segue as regras do nosso universo 3D. A nossa mente ainda que parcamente entende a concepção de continuidade, mas não a pode expressar em palavras ou imagens, pois, como dizia Georg Cantor, o abstrato, só é tangível na mente!

Dê uma pesquisada nestes dois links para entender mais:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Singularidade_matem%C3%A1tica

http://pt.wikipedia.org/wiki/Singularidade_gravitacional

Entendeu? Comente...