terça-feira, 30 de março de 2010

O Sonho

 

Eis que depois dessas coisas... Fui chamado para outro lugar e como uma coluna de fumaça que se desfaz pelo vento fui arrebatado, pelo ESPÍRITO que me chamava. Estava em um local horrendo, a podridão era absoluta e coisas indescritíveis que as piores palavras, seriam eufemismos. Lá era um fosso, um buraco tão profundo, que tragava tudo ao seu redor! A beira do buraco a havia uma cidade, que espiritualmente se chama SODOMA.

Nesta babilônia Etérea, tudo era feito de almas, almas que um dia foram, mas agora já não são, pois foram cativadas pelo senhor do abismo, a saber Apoliom, o senhor da morte e do engano das trevas. Ele tinha um castelo, construído por sofisma e heresias, blasfemado por sua sacerdotisa e “prostitutas das prostitutas” a qual atende por Lilith a mãe do conhecimento do mal, que alimenta em seu seio a Jezebel. 

A cidade é caoticamente organizada, todos são presos e cativos, mas não se libertam pelo terrível medo de largar seu “manjar turco”, que são as correntes agonizantes do engano. A cidade é cercada com um rio, vermelho como sangue em cor, mas em efeito é como fogo. Ninguém que esteja dentro consegue cruzar, pois o rio clama pelo sangue de Abel e todos os santos que foram mortos ao fio da foice de Apoliom, o anjo da morte, dono das almas cativas, porém suas almas foram para além das águas, deste fluente, que se chama Sacrifice Living! 

Só podem cruzar o rio, aqueles que lavaram, suas injustiças no sangue daquele, que é sem princípios de dias, e pela palavra do seu testemunho, não amaram a vida da antiga Sodoma, e dia a dia se entregam e enfrentam a morte em aroma agradável ao que “É!” que está na parte santa do Hades (mansão dos mortos), pois estão no seio de Abraão. Eis que este é o batismo, o batismo prometido pelo VERBO, o batismo de fogo! 

Neste momento chorava muito, pois não tinha coragem de cruzar o rio e chegar na parte santa da cidade e sobre mim se veio profundas trevas e agonia, pois era homem impuro e injusto e jamais conseguira ver o que há além do rio, e nem adentrar a cidade das delicias, a nova Canaã! Eis que neste momento veio a mim o ESPÍRITO e me revelou a mentira do universo. 

Quase TUDO que você assiste na TV ou acessa na internet é ilusão e mentira. Hollywood não existe, ela é a SODOMA e engana a todos. Você é uma estrela, um deus ou deusa, um santo com poder sobre a matéria e deve autoridade somente ao cordeiro que foi morto, mas ressuscitou. Você não está na terra e o céu é da altura da sua cabeça! 

Este é o sonho... Quem tiver sabedoria interprete! 

(Antes que você me acuse de blasfêmia, leia isso...)

As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai. Eu e o Pai somos um. Os judeus pegaram então outra vez em pedras para o apedrejar. Respondeu-lhes Jesus: Tenho-vos mostrado muitas obras boas procedentes de meu Pai; por qual destas obras me apedrejais? Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa, mas pela blasfêmia; porque, sendo tu homem, te fazes Deus a ti mesmo. Respondeu-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: Sois deuses? Pois, se a lei chamou deuses àqueles a quem a palavra de Deus foi dirigida, e a Escritura não pode ser anulada, aquele a quem o Pai santificou, e enviou ao mundo, vós dizeis: Blasfemas, porque disse: Sou Filho de Deus? Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis. - João 10:29-37