domingo, 21 de agosto de 2011

Não atire no mensageiro

O significado do Dr. Parnasus e a morte de Ledger

O último filme de Heath Ledger é um alucinante. Desde a sua história enigmática até os mistérios que cercam a sua produção, "O Imaginário do Doutor Parnassus" merece ser devidamente explorado. Uma interpretação de seu rico simbolismo revela aos espectadores verdades esotéricas atemporais, bem como referências ao código à criptocracia oculta de hoje. Este artigo analisa o significado místico de "O Imaginário do Doutor Parnassus" e a natureza sacrificial da morte de Heath Ledger. Parece que os últimos filmes dos atores que morrem prematuramente são muitas vezes fortemente simbólicos. Uma visão única do trailer de "O Imaginário do Doutor Parnassus" foi suficiente para convencer-me que o filme tem profunda conotação esotérica. Produções de Terry Gilliam, muitas vezes abordaram temas ocultistas, mas esse parecia estranhamente na cara. Eu estava, portanto, ansioso para ver as resenhas do filme e as discussões potenciais que irião gerar. No entanto, eu não encontrei nada, mas sinopses superficiais e críticas falando de uma "aventura fantástica" ou algo do tipo. Então, eu assisti o filme para ver se eu julguei mal o trailer e, após o primeiro minuto e meio, todas as minhas dúvidas se evaporaram. O filme começa com um homem (Anton) vestido como Mercúrio ("Hermes" dos gregos e "Thoth" dos egípcios), anunciando Dr. Parnassus, que está vestido como um monge, segurando uma flor de lótus, símbolo do misticismo oriental. Bem esotérico. Vamos primeiro olhar para o significado subjacente do filme e seguir com os símbolos estranhos da morte de Heath Ledger.


Leia mais em: http://danizudo.blogspot.com/2011/02/o-imaginario-de-doutor-parnassus-e-o.html